quinta-feira, 30 de maio de 2013

UMA PESSOA COM SÍNDROME DE PÂNICO PODE LEVAR UMA VIDA NORMAL

COMO UMA PESSOA COM SÍNDROME DO PÂNICO PODE LEVAR UMA VIDA NORMAL

A Síndrome do Pânico é um mal da vida moderna, que infelizmente vem acometendo cada vez mais pessoas, afetadas pelo caos e pelos problemas intermináveis da vida moderna.
A doença, caracterizada por crises intensas de pânico, que incluem sudorese, taquicardia, tremores, sensação de desmaio, medo de morrer iminentemente, entre outros, é o resultado de um distúrbio na química do cérebro, que deixa as pessoas mais propensas a desenvolver as crises.
Toda crise de pânico tem um gatilho. Isso porque a doença raramente começa sem que a pessoa tenha passado por um trauma grave, como a morte de um familiar próximo, um sequestro, um assalto ou acidente carro, por exemplo.
São esses tipos de eventos que causam uma intensa mudança na química cerebral do indivíduo e as crises começam.
É possível levar uma vida normal, mesmo com a Síndrome do Pânico?
Depende de você. Obviamente que não dá para dizer que dá para levar uma vida 100% normal, pois a doença inevitavelmente traz algumas limitações para a vida da pessoa.
Por exemplo: alguém foi assaltado em uma “saidinha de banco” por uma moto. A pessoa então passa a ter crises de pânico toda vez que um motociclista passa por perto, por inconscientemente achar que vai passar por aquela situação novamente. O motociclista ou até mesmo uma simples ida ao banco podem ser o gatilho da crise de pânico.
Mas, se você estiver fazendo o tratamento médico e psicológico adequadamente, tomando as medicações indicadas de forma correta, a sua qualidade de vida melhora significativamente, pois, com o tratamento, as crises tendem a diminuir cada vez mais e a pessoa passa a levar uma vida muito melhor e mais independente.
Outro passo que pode ajudar bastante quem tem a Síndrome do Pânico a levar uma vida normal é apostar em tratamentos alternativos, que são ótimos para acelerar os resultados do tratamento e a cura da doença, como:
Tratamento ortomolecular
É um tipo de tratamento que se baseia em repor os minerais e nutrientes que faltam no organismo da pessoa que tem a Síndrome do Pânico, especialmente as vitaminas do complexo B, que ajudam a estabilizar as funções do sistema nervoso central, diminuindo a ansiedade do indivíduo, o que ajuda muito a diminuir a ocorrência das crises.
Florais de Batch
Os florais de Batch são muito conhecidos por ajudar as pessoas a reestabelecer o seu equilíbrio emocional. E, com o lado psicológico mais equilibrado, a pessoa tem plenas condições de voltar a ter uma vida normal, com a evolução dos tratamentos, que atuam em conjunto para curar a Síndrome do Pânico.
Lembrando que esse é apenas um material informativo e não substitui uma avaliação médica com um especialista.

Texto concedido pelo blog www.sindromedopanico.com.br
Colaboração: Patrícia Oliveira <patricia.leris@e-editora.net>